Desafio natural: Terceira e Quarta semanas – Reconstrução e Cronograma Intensivo

Padrão

Olá pessoas! Resolvi juntar as duas ultimas semanas do desafio por praticidade e pelos resultados dessas duas semanas. Em relação à alergia: NADA. N-A-D-A, absolutamente nenhum minimo sinal de irritação! Como os fios estavam saudáveis e a raiz enorme, resolvi aproveitar a desculpa da semana de reconstrução para retocar a coloração, usei a Majicontrast Rojo com ox 30 da Amend e banho de brilho com Candy Color Vampire Red para deixar mais rosado (ou menos laranja). E começa o drama: a ideia do desafio era usar basicamente ingredientes e caseiros porém, não dá. Impossível fazer uma reconstrução apenas e exclusivamente usando os bons e velhos ingredientes naturais e orgânicos das outras fases do cronograma. Como o principal componente usado nas máscaras e reconstrutores é a Queratina (um composto de aminoácidos) resolvi incluir apenas esse ingrediente, usei a queratina líquida da Skafe com geléia real (ou qualquer outra também livre de silicones e petrolatos) que, na verdade, era a que tinha em casa e aproveitei para desenterrar uma receitinha das antigas:

Reconstrução caseira

2 colheres de sopa de gelatina incolor já diluída
4 Colheres de sopa de queratina líquida (preferencialmente sem silicone/petrolato)
1 Colher de óleo de tutano

Aplique a mistura nos cabelos limpos e deixe agir entre 20 e 30 minutos, enxágue e condicione.
Resultados: Talvez pela queratina ser bem fraquinha, não notei grandes resultados, os fios ficaram macios e com brilho, mas levemente ressecados nas pontas devido à coloração.

Cronograma Intensivo

Para finalizar a ultima semana do Desafio e recuperar os fios após a coloração montei um esquema intensivo. Antes de apresentar as receitas utilizadas, quero falar dos resultados de forma geral, antes de iniciar esse desafio os fios estavam bem tratados, com minimo de quebra e com um pouco de queda, que aumentou por conta da irritação no couro cabeludo. HOJE a irritação está totalmente controlada, a queda é minima e mesmo após a coloração os fios estão saudáveis, deixando claro que meu entendimento de cabelo saudável é: fios com toque macio, brilho, sem sinais de elasticidade ou porosidade, com o minimo (ou nada) de quebra ou pontas partidas. Mas, vamos ao esquema do cronograma:

Cronograma Intensivo
Dia 1 -Hidratação: Overnight* com Gel de babosa natural.
Dia 2 – Nutrição: Humectação com mix de óleos (linhaça, semente de uva, oliva) e mel puro.
Dia 3 – Overnight com gel de babosa natural.
Dia 4 – Hidronutrição**: Gel de babosa com óleo de semente de uva
Dia 5 – Reconstrução profunda : Fiberceutic + ampola de Queratina Acquaflora***
Dia 6 – Hidronutrição com gel de babosa e óleo de linhaça.

* Overnight: é basicamente em aplicar o gel de babosa nos fios e couro cabeludo deixando repousar de um dia para outro, pode acrescentar óleos vegetais de acordo com a necessidade. Nessa técnica não é recomendada a aplicação de máscaras ou cremes industrializados de qualquer tipo, considerando o tempo de ação do produto e o risco de causar irritação na pele devido ao contato prolongado (oleosidade excessiva, caspa), o gel de babosa é naturalmente absorvido pela pele, quanto mais tempo ficar em contato com a pele, mais será absorvido.
** Hidronutrição: aplico o gel de babosa nos cabelos limpos, massageando muito bem, principalmente no couro cabeludo, faço uma pausa de 20 a 30 minutos e aplico o óleo vegetal nas pontas, aguardo mais 30 minutos e enxáguo com água fria.
*** Ambos produtos utilizados não são liberados (contém silicone ou petrolato) na minha rotina normal a unica fase em que uso algum tipo de produto com silicone é a Reconstrução, levando em conta que os silicones vão manter os aminoácidos repostos e todos os tratamentos anteriores “selados” na fibra, como o uso é esporádico não há tanto risco de acumulo de resíduo (se comparado ao uso diário).

Considerações finais: De maneira geral, o esquema deu certo, muito certo mesmo! Vou continuar com o uso do shampoo artesanal e as receitas orgânicas nas fases de Hidratação e Nutrição. Apesar dos ótimos resultados, o processo de “fabricação” de algumas receitas é um tanto trabalhoso, como extrair o gel da babosa, ou fazer quase que diariamente o gel de linhaça para usar como leave-in, sem contar toda a alquimia do processo de fabricação do shampoo caseiro, todos eles demandam um tempo que nem sempre temos, mas ainda é uma solução barata para os alérgicos, para quem quer montar um cronograma simples, usando quase que basicamente coisas que todo mundo tem na cozinha, ou na horta. E como ficou a peruca depois disso tudo?

DSCF1892

Anúncios

Uma resposta »

  1. Gostei muito do seu cronograma capilar, sou hiper a favor dos produtos naturais/caseiros, pena que não tenho tanto tempo mais para fazer essas receitas! Realmente a etapa de reconstrução é mais complicada devido os quesitos que vc já citou e principalmente, pq o cabelo ainda pode vir a não responder muito bem a essa fase do cronograma. Enfim, gosto muito como você escreve, dá pra compreender bem o processo! ;*

Deixe um comentário ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s