Tratamento natural – Desafio: Primeira semana, Hidratação

Padrão

Olá pessoas!
Bem, estava eu tendo uma vida capilar feliz, mantendo minha alergia controlada, cabelo macio, hidratado, tudo lindo, maravilhoso, até que o senhor Murphy e sua lei catastrófica decidiram me atacar, e lá vamos nós de novo lidar com a alergia!

Só para lembrar, euzita, a Angell, tenho a (in)felicidade de ter uma hipersensibilidade à sulfato, ou o famoso Sodium Laureth Sulfate, que está ali no topo da listinha de componentes do seu shampoo. Vinha controlando a situação com o uso de shampoo sem sulfato (Eh! Orgânico) intercalado com um shampoo comum (Elixir – Acquaflora) e um método de limpeza alternativo (Banho de Gelo – Haskell), o shampoo sem sulfatos acabou,  e rodei a cidade toda, as cidades vizinhas e nada de encontrar o dito, ainda consegui controlar por um tempo apenas com o shampoo da Acquaflora e o Banho de Gelo, mas há duas semanas a coisa ficou feia novamente, o couro cabeludo começou a ficar com sinais de irritação e bolinhas, que evoluem para feridinhas e descamação. Sabe aquele ardor no couro cabeludo e aquela descamação chata de quando usa descolorante ou química muito forte na raiz? Fica igualzinho.
Como estava difícil achar um sulfate free que desse conta de limpar um cabelo oleoso, resolvi partir para a boa e velha receita de shampoo caseiro, catei minha parafernália, assaltei a dispensa, a horta e mãos à obra! Eu sou esse bicho nostálgico e sentimentalóide, fiquei lembrando da minha vó, fazendo uma receita muito parecida de shampoo caseiro, e me peguei pensando nessas tantas receitas caseiras, do tempo da vovó, que a gente ainda usa, o quanto delas realmente funciona? E a pergunta mais fundamental: é possível ter um tratamento capilar completo, ou até mesmo um cronograma,  com essas receitas e tratamentos totalmente naturais (ou usando o mínimo possível de produtos industrializados)?
Não custa tentar e, na verdade, não custou mesmo! Resolvi usar o tratamento da alergia como uma desculpa para adotar uma rotina capilar natural, com ingredientes disponíveis em casa e de fácil acesso. Que tal conferir o resultado da primeira semana natural?

Shampoo
Usei uma receita parecida com esta aqui, apenas com uma quantidade menor de óleos e manteigas, utilizando chá de alecrim e hortelã no lugar da água.
Impressões: O shampoo limpa bem, é suave e não desbotou o cabelo mais do que desbotaria normalmente lavando todos os dias, para quem está acostumado com shampoo industrializado, esse deixa o cabelo com um toque estranho, meio duro, grosso, sensação que desaparece totalmente com o condicionador.
Em relação à irritação do couro cabeludo, não houve piora, a descamação está diminuindo bastante, não apareceram novas bolinhas e as feridinhas estão quase todas cicatrizadas.

Condicionador/ Leave-in
Na falta de uma receita natural com ingredientes fáceis de encontrar e com boa durabilidade (a maioria deve ser utilizada logo após o preparo ou guardada por poucos dias na geladeira) mantive como condicionante o bom e velho Yamasterol, pela fórmula simples, com poucos ativos e nenhum petrolato, é quase que uma base universal para misturas caseiras.
Como condicionador adiciono algumas gotas de vinagre de maçã.
Como Leave-in adiciono algumas gotas de óleo de Linhaça.

Hidratação
É a primeira fase do cronograma e até agora minha favorita no cronograma natural.

Hidratação de Babosa (que provavelmente a bisavó da bisavó já usava)
Gel de 1 ou 2 folhas de babosa batido e coado
Só, mais nada.

Lavei os cabelos com o shampoo caseiro, retirei a umidade com uma toalha e apliquei o gel massageando o couro cabeludo e enluvando os fios. Deixei agir durante toda a tarde (umas 4 horas), enxaguei com água fria e condicionei com Yamasterol+ vinagre de maçã.
Resultado: cabelos macios, sem volume e com brilho, couro cabeludo hidratado e com redução na irritação e coceira devido ao alto poder de hidratação da babosa e suas propriedades cicatrizantes, além das vitaminas que promovem o fortalecimento capilar.

Em uma segunda aplicação da Hidratação de Babosa, acrescentei glicerina vegetal e óleo de linhaça, deixando a mistura por 30min nos cabelos, os resultados foram tão satisfatórios quanto os descritos acima.

Resultado da primeira semana: Redução na irritação do couro cabeludo, desbotamento mínimo da cor, cabelos com bom aspecto, macio ao toque e com brilho.

DSCF1808

Anúncios

»

  1. Angell, olá, quanto tempo heim menina! Bem, sou a Adri, do post do shampoo caseiro q vc indicou. Venho para te comentar que estou preparando várias formulas de shampoos, condicionadores e finalizadores naturais para quem quer abolir os “sulfatos, petrolatos e silicones insolúveis” de suas vidas. Fico feliz que minha formula está resultando e espero poder entregar várias outras ainda melhores e simples de se fabricar em casa. Obrigada por nos prestigiar com sua visita e com seus comentários. Estou resolvendo o assunto do PH para todas as formulas q estão sendo postadas, ja seja usando o anfótero ou alternativas mais naturais, que vc encontrará nos novos posts do blog. Abraços
    http://www.clubedocabeloecia.com.br
    Adri

  2. Angell:
    olá twodo bem? pois então todo mundo culpa o sulfatão será ke ele é o vilão?
    provavelmente não.
    Existe outros componentes mais nocivos ke o dito cujo como conservante, aldeídos…..
    tá me parecendo uma dermatite, um xampuzinho de cetoconazol cai bem, mas rreseca…..se vc
    tiver condições compre o capell mais caro e – agressivo.
    babosa é o caminho, argila verde( k-belos oleosos, argila branca para porosidade capilar…
    semelhante dissolve semelhante ex: oleo essencial de alecrim(bem forte, algumas gotinhas com
    oleo vegetal de eucalipto ou limão……
    opeções:
    – linha surya
    -redken(litro) sulfate free-1l na beleza d web tava 89 na promotion
    -henna weleda já ke tu t´com o k-belo vermelho
    – uma americana me ensinou: lavar com o yama amarelo+limão= incrivel toda a sujeira, otemo
    para s curls.
    yamasterol= ever
    -esse kaskell tem menta peperita experimenta passar o verdinho e depois lava os cabelos
    -hair sholders baum…
    ass: marcelito o maldito

    • Marcelo, ótimas dicas, já testei a maioria delas, inclusive, já usei todos os shampoos para dermatite sem resultado algum, cansei de visitar dermatologistas e sempre sair com receitas de cetoconazol que nunca resolveram, o malvado é mesmo o sulfato, inclusive, não posso usar sabonetes com sulfato (um beijo pros granado baby).

Deixe um comentário ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s